• O fitoplâncton e as trocas gasosas entre o oceano e a atmosfera no Atlântico Sul

    O fitoplâncton e as trocas gasosas entre o oceano e a atmosfera no Atlântico Sul O di√≥xido de carbono (CO2) √© um g√°s presente na atmosfera e colabora com o efeito estufa, que aquece nosso planeta, tornando-o um lugar com temperaturas favor√°veis √† manuten√ß√£o da vida. O desenvolvimento humano tem gerado maiores concentra√ß√Ķes desse g√°s na atmosfera, que agora s√£o relacionadas ao aquecimento excessivo da Terra, trazendo consequ√™ncias prejudiciais para os ecossistemas e organismos que neles habitam. Os oceanos podem absorver boa parte deste g√°s, j√° que √© um dos ingredientes para a fotoss√≠ntese do fitopl√Ęncton. Por√©m, os oceanos s√£o bastante heterog√™neos, tanto em temperatura e salinidade, que afetam a fotoss√≠ntese, como em esp√©cies de fitopl√Ęncton. Assim, √© importante estudar a rela√ß√£o entre as caracter√≠sticas de um ambiente marinho e os diferentes organismos do fitopl√Ęncton[…]
  • Novo diretor ressalta o papel integrador do Cebimar na Década dos Oceanos

    Novo diretor ressalta o papel integrador do Cebimar na Década dos Oceanos "A cerim√īnia de posse de Andr√© Carrara Morandini e √Āurea Maria Ciotti, diretor e vice-diretora do Centro de Biologia Marinha da USP, foi realizada no dia 18 de agosto" '‚ÄúO Cebimar √© uma unidade √ļnica da USP, n√£o s√≥ pelo seu tamanho, mas tamb√©m pela localiza√ß√£o e miss√£o. Somos, em ess√™ncia, um centro integrador onde pesquisadores, professores e alunos ‚Äď da casa e de outras unidades da USP ‚Äď compartilham experi√™ncias e atividades que culminam no compartilhamento de conhecimento da biologia marinha voltado para a sociedade‚ÄĚ, explicou o novo diretor em seu discurso de posse.'
  • Prefeitura de Caraguatatuba recebe educador do CEBIMar para realizar palestra em escola pública municipal

    Prefeitura de Caraguatatuba recebe educador do CEBIMar para realizar palestra em escola pública municipal "Alunos do 6¬ļ ano da escola municipal Maria Moraes de Oliveira receberam, na √ļltima quarta-feira (17), o bi√≥logo e educador do Centro de Biologia Marinha (Cebimar) do Litoral Norte, Luciano Douglas dos Santos Abel, para um palestra sobre a diversidade de vida dos oceanos."
  • As graves consequências ambientais e econômicas da mineração marinha como alternativa para obtenção de um fertilizante

    "A redu√ß√£o de oferta e encarecimento dos fertilizantes, como consequ√™ncia da desindustrializa√ß√£o, fechamento das plantas de produ√ß√£o nacionais e da guerra entre R√ļssia e Ucr√Ęnia, t√™m comprometido a agricultura brasileira e mundial, podendo ser catastr√≥fica para a alimenta√ß√£o global. Entretanto, pressionado para reduzir a depend√™ncia do Brasil, setores do governo e empresas apresentaram como sugest√£o a minera√ß√£o marinha em grande escala, tendo como alvo extensos recifes de rodolitos da plataforma continental brasileira para uso como mat√©ria-prima na produ√ß√£o de fertilizantes."
  • Impactos da pesca ilegal em tempos de pandemia

    Impactos da pesca ilegal em tempos de pandemia A pesca ilegal representa um dos maiores problemas mundiais ao amea√ßar a seguran√ßa alimentar, a conserva√ß√£o de organismos marinhos e gerar a perda de milh√Ķes de d√≥lares por ano. Apesar dos impactos negativos desta atividade, pouco se conhece sobre seus verdadeiros impactos na biodiversidade, em parte devido √† falta de dados dispon√≠veis. No intento de controlar a√ß√Ķes ilegais e reduzir seus efeitos negativos, entidades governamentais t√™m criado unidades de conserva√ß√£o integral e programas de monitoramento e fiscaliza√ß√£o. Infelizmente, menos de 10% das unidades de conserva√ß√£o s√£o efetivas no controle da pesca ilegal, em parte devido √† falta de financiamento e pessoal capacitado para realizar fiscaliza√ß√£o. O problema foi agravado durante a pandemia de COVID-19, quando oficiais, turistas e pesquisadores reduziram[…]